Domingo, 8 de Janeiro de 2006

EM DEFESA DO FRANCISCANO PUBLICITÁRIO

23_16[1].jpg

Confesso que não entendo as perplexidades do meu amigo João Abel ao ver o Padre Melícias a promover, em anúncios atrás de anúncios, a sua mercadoria. Mercadoria que, diga-se, é a base do seu ganha-pão pelo ofício. E a haver surpresa, ela não vem já tardia? É que, se bem me lembro, este franciscano bacano nunca parece ter feito outra coisa na vida. Se nasceu publicitário (não foi ele que "vendeu" Guterres?), porque não se há-de reformar a fazer o que melhor sabe?
publicado por João Tunes às 17:06
link do post | favorito
De Joo a 9 de Janeiro de 2006 às 22:42
Calma, devagar se vai ao longe...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. HONRA A GARY COOPER

. Efeméride ao cair do pano

. E VÃO DOIS, QUE DOIS

. AFINAL…

. DESABAFO MASOQUISTA

. Bom fim-de-semana

. CHE E AS MAMAS DA VIZINHA

. AINDA (SEMPRE) MÁRIO PINT...

. CAMILA VAI PARA A TROPA

.arquivos

. Setembro 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds