Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006

NÃO O ABATERAM ENTÃO, QUEM O ABATE AGORA?

visuel_r3_c1.jpg

“Em Novembro ou Dezembro de 1962, encontrava-me em diligência na função militar de cripto, nas suas áreas de combate. Tive a plena certeza que forças do poder, encontravam-se preparadas para o "abaterem" como se tratasse dum qualquer animal "irracional". O alferes miliciano Manuel Alegre, nada sabia disto e, só por estar ao lado dos soldados contra a guerra. A PIDE, inclusivamente, naqueles tempos, deslocava-se pelas áreas do Colonato Vale do Loge, Quipedro, Lué, Nambuangongo, Zala, Toto, Caipemba, Serra da Cananga, Quindaca, a fim de demonstrar, se o "crime" fosse efectivado, que não se encontravam concretamente no local, mas sim, em outras zonas. Logo, tinham todas as possibilidades de serem ilibados.”

(Testemunho de Filipe da Silva Nobre)
publicado por João Tunes às 23:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. HONRA A GARY COOPER

. Efeméride ao cair do pano

. E VÃO DOIS, QUE DOIS

. AFINAL…

. DESABAFO MASOQUISTA

. Bom fim-de-semana

. CHE E AS MAMAS DA VIZINHA

. AINDA (SEMPRE) MÁRIO PINT...

. CAMILA VAI PARA A TROPA

.arquivos

. Setembro 2007

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds